quinta-feira, 2 de maio de 2013

Reutilize a casca de ovo de forma original



Conheça cinco dicas para aproveitar a casca de ovo

Talvez você já saiba que a casca de ovo pode fazer maravilhas para a sua compostagem, mas ela também é ótima para afastar pragas de plantas e limpar panelas e frigideiras, entre outras coisas. Isso por ser rica em cálcio, potássio e magnésio. Dê uma olhada abaixo em outras facilidades que a casca de ovo pode proporcionar:

1. Fazer velas - para fazer velas caseiras, você vai precisar apenas de ovos, parafina (dica: compre a parafina em grão, pois é mais fácil de derreter) e 20 cm de pavio. Modo de fazer: Quebre o ovo ao meio. Lave a casca e seque-a. Depois, faça uma abertura no centro da casca, para mais tarde ser inserido o pavio, e coloque a casca na caixa vazia de ovo, a fim facilitar na hora de colocar a parafina.

Derreta a parafina em banho-maria e, em seguida, coloque a ponta do pavio nela. Depois, coloque o pavio na abertura da casca. Em seguida, coloque cerca de 50 gramas de parafina derretida em cada casca com a ajuda de um funil e aguarde a secagem para poder acender a sua vela.

Se você quiser, é possível pintar o ovo antes de ele ser partido ou depois de a vela ser colocada em seu interior;

2. Afaste lesmas e lagartas - proteja suas plantas de lesmas e lagartas com o auxílio das cascas de ovo. As lesmas odeiam rastejar em superfícies ásperas! Para isso, espalhe cascas de ovos esmagadas na terra, ao redor das plantas. O cálcio do invólucro do ovo mudará rapidamente o pH (índice de acidez) do solo, tornando-o menos ácido e afastando esses bichos. Desse modo, você evita também o uso de pesticidas químicos;

3. Limpe potes e panos - na próxima vez que for limpar uma panela engordurada, acrescente alguns pedaços de cascas de ovo trituradas ao sabão que você usa normalmente. Esses pedaços da casca do ovo vão quebrar as partículas do alimento e ajudar a remover a gordura;

4. Vaso de planta - as cascas de ovo podem ser tornar lindos vasos para suas plantas pequenas. Quando você quebrar seus ovos, tente manter um pouco mais da metade da casca intacta. Faça um pequeno furo na parte inferior da casca, pois é por aí que a água vai escorrer, impedindo, assim, que acumule muita água na casca, o que não é bom para a planta.

Adicione um pouco de terra na casca e uma ou duas sementes. 
Dica: Molhe suas mudas cedo e muitas vezes, além de colocá-las em um espaço acolhedor e bem iluminado com luz natural até que comecem a brotar.

5. Fertilize o solo - por ser rica em cálcio, magnésio e potássio, a casca de ovo ajuda a evitar a podridão apical (que é um problema comum em tomates e outros vegetais de frutificação). Quanto mais contato das cascas com a terra, mais disponíveis esses nutrientes estarão para as plantas. Uma maneira simples de propiciar isso é transformando as cascas em pó. O primeiro passo na produção da farinha de cascas de ovos é colocar as cascas para secar na sombra, pois, quando expostas ao sol, elas perdem nitrogênio. Também não é aconselhável guardá-las para secar depois, pois a decomposição das partes orgânicas ainda úmidas poderá provocar cheiro desagradável e atrair animais indesejados, como moscas.

Algumas plantas, porém, podem não apreciar a leve alcalinização do solo que as cascas podem provocar, como é o caso de azaleias, prímulas, gardênias, plantas carnívoras etc. Nesse caso, coloque uma quantidade menor de farinha de cascas de ovos, a fim de evitar alterações no pH do solo.

Fonte: eCycle
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário